quinta-feira, 28 de julho de 2011

A MAGNIFICA MELÍPONA RUFIVENTRIS

Taxonomia
· Hymenoptera
. Apoidea
. Apidae
· Meliponini

 Nomes populares:
1-      Tujuba (tupi: tu’yuba = abelha amarela) variação: tujuva, tuiuva.
2-      Boca de ralo
3-      Uruçú amarela
4-      Iraçu
5-      Bugia
6-      Guaraipo amarela
7-      Uruçú do planalto central
8-      Uruçú amarela da Amazônia oriental
9-      Tuiuva mirim(flavolineata) 

Distribuição geográfica
Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo (Silveira et al., 2002).

São abelhas sociais, que vivem em colônias grandes. São pouco agressivas, cujo comportamento defensivo é beliscar a pele. Apresentam colônias grandes. Os ninhos são encontrados: ocos de árvores. A entrada do ninho é localizada no centro de raias convergentes de barro e permite que apenas uma abelha entre ou saia de cada vez. Os favos de cria são horizontais ou helicoidais e não ocorrem células reais. O invólucro está presente e é constituído de várias membranas de cerume. Os potes de alimento possuem cerca de 4 cm de altura (Nogueira-Neto, 1970).   

Gostaria de compatilhar algumas fotos cedida pela amiga e representante da Associação Nordesta Reflorestamento e Educação Neuza Falco Galvão da abelha Melipona fufiventris.


Fato interessante nidificação de Melipona rufiventris na parte externa do tronco da árvore
    








Ovoposição em Melipona mondury

Ovoposição em Melipona mondury

Ovoposição em Melipona mondury

Potes de mel e pólen junto do ninho

Operárias de Melipona mondury

Enxame adulto de Melipona mondury