sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Abelhas Nativas na 13ª edição do projeto "Bio na Rua"

A 13ª edição do projeto “Bio na Rua” aconteceu ontem (08/9), das 9h às 17h, no jardim do Museu Nacional (MN) da UFRJ, que fica na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão.
Patrocinado pela Superintendência Geral de Políticas Estudantis (SuperEst) e com o apoio do Instituto de Biologia (IB) da UFRJ, o evento foi organizado pelo Centro Acadêmico de Biologia (CaBio) e por outras instituições, como o GreenPeace e a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Uni-Rio).
O projeto “Bio na Rua” acontece em diversos lugares do Brasil e tem o intuito de trocar conhecimento entre a população e a comunidade acadêmica através da exposição de diversas áreas de pesquisa estudadas pelos biólogos em seu dia a dia.
Os universitários se dividiram em mais de 20 grupos dispostos em estandes, mesas e tendas pelo jardim do museu. Cada grupo abordou um tema diferente, que despertou o interesse e a curiosidade do público, como higienização das mãos, preservação do meio ambiente, vida de inseto, adaptações de aves marinhas, além da diversidade animal, vegetal e da ecologia das abelhas do Parque Estadual da Pedra Branca.







Colônia de abelha jatai encontrada em um troco de árvore ao lado do Museu Nacional.



4 comentários:

  1. Cristiano, que trabalho lindo vc faz, parabéns.
    Sou uma grande admiradora das abelhas, na minha casa tem uma colmeia da abelha jataí que está no muro, e estou querendo passar um enxame para uma caixa que eu comprei que é propria para jataí ,ela é vertical com varias repartições , e hoje mesmo o enxame esta bem alvoraçado e eu coloquei a caixa com um pouco de mel lá dentro mas elas não entraram, gostaria que me desse uma dica de como passa-las para a caixa, será que eu preciso de uma isca especial para elas?
    Obrigada pela atenção.
    Att,
    Maria Isabel
    Uberaba-mg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria Isabel.

      Agradeço o contato.

      Para que você possa ter esta colônia de abelhas jatai que está no muro é preciso transferir o ninho junto com a rainha e os potes de mel e polem intactos para esta caixa. Caso preferir preserva-las no muro como colônia matriz é só fazer iscas com garrafa pet para capturar novas famílias. Todo cuidado é pouco para quebrar o muro na parte onde está o ninho para não romper os potes de mel e polém, recomendo primeiro você localizar os discos de cria e retira-los primeiro normalmente a rainha se encontra entre os discos e transferir para caixinha, depois pode retirar os potes de mel e polem que não estejam rompidos e passar também para caixinha é só colocar um pouco de cera na entrada da caixinha deixando o orifício da entrada desobstruído e posicionar a caixa na mesma direção da entrada da colônia que está no muro. As abelhas que estão voando ao redor como também as campeiras vão habitar na nova morada que é a caixinha de madeira onde já esta a rainha e os discos de cria. Mais duvida o mel e-mail é este nossaabelha@gmail.com.

      Abraço.

      Excluir
  2. Cristiano, obrigada pela dica, vou optar por capturar uma nova família. Depois vou entrar em contato com vc por email.
    Abraço.
    Maria Isabel

    ResponderExcluir

FAÇA SEU COMENTÁRIO